Notícia : : : : . . . . . . . . . . . . .
ONU sugere o ‘sim’ no referendo sobre armas
Fórum : : : : . . . . . . . . . . . . .

CADASTRE_SE na Rede!

Deixe seu recado no MURAL da Rede Juventude Cidadã!

Oportunidade : : : : . . . . . . . .
Uma grande oportunidade para o jovem estudante do ensino médio ou superior. Conheça a VIA BRASIL!
Os Jovens de Barros Filho são destaques no Projeto Juventude Que Faz e Acontece


O Projeto Juventude Que Faz e Acontece

– JQFA – no período de um ano promoveu diversas atividades de cunho cultural, esportivo e de formação cidadã, este mais específico com as oficinas temáticas oferecidas no inicio do projeto.


Os jovens tiveram a oportunidade de se capacitar para a formação de um discurso mais crítico e político em relação ao que os envolve direta ou indiretamente perante à sociedade.

Todas as oficinas realizadas nesse período contaram com equipes de profissionais capacitados em lidar com o público do projeto. A maioria pode ser considerada de jovens e estudiosos da temática juventude o que fez com que facilitasse a aceitação e repasse de conteúdo, tornando-se prático para os jovens, em particular nas oficinas culturais.


Desde o início das oficinas culturais, que contou com aulas de teatro, música e dança, a ajuda dos profissionais foi fato decisivo e assim tiveram seus destaques e descobertas de talentos em sua estréia nas apresentações comunitárias (na gincana comunitária) e principalmente no evento que reuniu as dez comunidades atendidas pelo projeto para uma apresentação na “Gran Gincana” ocorrida na Lona Cultural de Guadalupe.


Nesse dia, cada apresentação era avaliada por três jurados, um para cada área temática (música, dança e teatro) e, assim, tivemos um dia inteiro de protagonismo, lazer e expressão cultural fazendo com que alguns grupos tomassem para si a responsabilidade de darem continuidade ao trabalho como o grupo de Barros Filho que se destacou com sua apresentação e foi o grande campeão da Gincana com uma esquete bem estilizada sobre o Alto da Compadecida.


Depois dessa apresentação, na qual lhes deu o título de campeão do evento, o grupo de Barros Filho não se contentou em mostrar o que sabem apenas para o projeto e foram além apresentando-se para pessoas e grupos que não têm acesso a esse tipo de lazer.


Suas apresentações começaram, por conta própria, nas ruas da comunidade, em escolas públicas por convite da direção e em outros projetos como no Papo Jovem que aconteceu no dia 09 de julho de 2005, promovido pelo Fórum de Juventudes de Campo Grande dentre outras.


Após todas essas apresentações e com algumas já agendadas, o grupo resolveu formalizar suas ações formando o Grupo Cultural de Barros Filho, por iniciativa dos próprios jovens. O Grupo gosta do que faz e percebeu que existe sempre uma saída para as questões que tangem diretamente o jovem morador de favela. Para esses jovens, o teatro foi a grande virada de suas vidas.
Essa iniciativa deixou claro que o Projeto JQFA cumpre com seu papel e responsabilidade de promover e estimular o protagonismo do jovem.


Esse grupo pode ser considerado como exemplo para a juventude que pensa em promover algum tipo de atividade visando a mudança da realidade local e pessoal.

 

 

 

© Rede Juventude Cidadã 2005